Adams cresce nas apostas para o STF

Advogado-geral da União, Luís Inácio Adams teria cancelado de última hora a participação em seminário realizado ontem em Washington a pedido da presidente Dilma Rousseff; imprevisto é interpretado como um sinal de que teria sido escolhido para o Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga de Joaquim Barbosa

Advogado-geral da União, Luís Inácio Adams teria cancelado de última hora a participação em seminário realizado ontem em Washington a pedido da presidente Dilma Rousseff; imprevisto é interpretado como um sinal de que teria sido escolhido para o Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga de Joaquim Barbosa
Advogado-geral da União, Luís Inácio Adams teria cancelado de última hora a participação em seminário realizado ontem em Washington a pedido da presidente Dilma Rousseff; imprevisto é interpretado como um sinal de que teria sido escolhido para o Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga de Joaquim Barbosa (Foto: Roberta Namour)

247 – A pedido da presidente Dilma Rousseff, o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, teria cancelado de última hora a participação em seminário realizado ontem em Washington. Imprevisto é interpretado como um sinal de que teria sido escolhido para o Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga de Joaquim Barbosa.

Adams era convidado especial do I Simpósio sobre Segurança Jurídica dos Investimentos Financeiros no Brasil, evento organizado pelo Banco Central e o Instituto Justiça & Cidadania e realizado na Washington College of Law da American University.

Ministro do Superior Tribunal de Justiça desde 2008, Mauro Campbell também sondado para a vaga. Ele conta com o apoio dos ministros José Eduardo Cardoso (Justiça) e Eduardo Braga (Minas e Energia), peemedebista e ex-governador do Amazonas.

Leia aqui reportagem de Sergio Lamucci e Juliano Basile sobre o assunto. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247