Agente da PF é demitida por vazar informações a traficantes

Demitida da PF, a ex-servidora da PF Hélida de Oliveira Vaz, 35 anos, que mora no Distrito Federal, teria atuado no esquema realizando pesquisas "encomendadas" por criminosos no sistema da corporação

Hélida de Oliveira Vaz
Hélida de Oliveira Vaz (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A ex-servidora da Polícia Federal (PF) Hélida de Oliveira Vaz, 35 anos, foi demitida da corporação por vazar informações para uma organização criminosa acusada de tráfico internacional de cocaína. Hélida, que mora em Águas Claras, no Distrito Federal, teria atuado no esquema realizando pesquisas "encomendadas" por criminosos no sistema da PF.

A agente administrativa classe A ocupa o cargo desde 2014 e tem um salário bruto de R$ 4.768,72 por 40 horas semanais. A ex-servidora foi presa em setembro de 2017, no âmbito da Operação Brabo, contra o tráfico de drogas.  

A mulher ganhou a liberdade após passar pela audiência de custódia no dia seguinte. A decisão foi tomada pela 9ª Vara Criminal de São Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247