Áudio atribuído a Cristovam sobre intervenção militar é falso

Não é do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) a voz duma gravação que circula pelo WhatsApp sobre defesa das declarações do general do Exército Antônio Hamilton Mourão, que há duas semanas afirmou que existe possibilidade de um golpe militar no País; apesar da celeuma, é possível identificar com facilidade no áudio que a voz não é do senador; a única manifestação de Cristovam sobre o assunto foi crítica à posição do militar; em pronunciamento no Senado, ele afirmou que "a saída para o Brasil passa pelas urnas, não pelas armas"

Senador Cristovam Buarque (PDT-DF) concede entrevista, após ser eleito novo presidente da CCT. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Senador Cristovam Buarque (PDT-DF) concede entrevista, após ser eleito novo presidente da CCT. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado (Foto: Romulo Faro)

Brasília 247 - O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) é a nova vítima de mensagem falsa no WhatsApp. Circula entre usuários do aplicativo um áudio de 15 minutos de duração no qual um homem se passa pelo pedetista falar em 'caos institucional' no Brasil e explicando que o país está no segundo de 'três estágios' até a tomada do "poder em Brasília" pelas Forças Armadas.

A mensagem faz alusão à polêmica declaração do general do Exército Antônio Hamilton Mourão, que há duas semanas afirmou que existe possibilidade de um golpe militar no País.

Apesar da celeuma, é possível identificar com facilidade no áudio que a voz não é do senador. A única manifestação de Cristovam Buarque a respeito das declarações do general Mourão foi crítica à posição do militar.

Em pronunciamento no Senado, ele afirmou que "a saída para o Brasil passa pelas urnas, não pelas armas".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247