Aumentam crimes em ônibus e estupros no DF

Levantamento divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) apontou que o número de roubos em coletivos apresentou aumento de 31% maio deste ano, quando foram registradas 245, na comparação com o mesmo período do ano passado (187); o crime de estupro também apresentou aumento no mês de maio, com percentual de aumento de 77%; no mês de maio foram registrados 30 homicídios no Distrito Federa, o menor número para igual período desde 1992

Levantamento divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) apontou que o número de roubos em coletivos apresentou aumento de 31% maio deste ano, quando foram registradas 245, na comparação com o mesmo período do ano passado (187); o crime de estupro também apresentou aumento no mês de maio, com percentual de aumento de 77%; no mês de maio foram registrados 30 homicídios no Distrito Federa, o menor número para igual período desde 1992
Levantamento divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) apontou que o número de roubos em coletivos apresentou aumento de 31% maio deste ano, quando foram registradas 245, na comparação com o mesmo período do ano passado (187); o crime de estupro também apresentou aumento no mês de maio, com percentual de aumento de 77%; no mês de maio foram registrados 30 homicídios no Distrito Federa, o menor número para igual período desde 1992 (Foto: Leonardo Lucena)

Brasília 247 - Levantamento divulgado nesta sexta-feira (9) pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) apontou que o número de roubos em coletivos apresentou aumento de 31% maio deste ano, quando foram registradas 245, na comparação com o mesmo período do ano passado (187). O crime de estupro também apresentou aumento no mês de maio, com percentual de aumento de 77%. O número de ocorrências registradas em maio foi 94.

Ao comentar sobre os roubos em coletivos, o secretário de Mobilidade (SEMOB), Fábio Damaceno, participou da coletiva e apresentou ações que estão sendo coordenadas em parceria com a SSP/DF. “Estamos padronizando o formato do registro de ocorrências junto às empresas de ônibus, que estão orientando motoristas e cobradores, a contribuírem com o trabalho da Polícia Civil e da Polícia Militar do Distrito Federal. As imagens das câmeras instaladas nos ônibus também irão ajudar na elucidação dos crimes e na identificação dos criminosos”, explicou Damaceno.

Além da capitação de imagens e da padronização do registro de ocorrências, estão em fase de estudo a implantação de GPS em toda a frota de ônibus do DF e também um aplicativo que funcionará como um espécie de botão de alerta que poderá ser acionado por qualquer cidadão cadastrado. “Os moldes de como será o funcionamento desse aplicativo está em fase de estudo”, disse.

Segundo a pasta, para o enfrentamento do crime de estupro foi criado um comitê executivo composto pela SSP/DF, e pelas secretarias de Saúde (SES), da Criança (Secriança), de Educação (SEDF), e Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEDESTMIDH).

Reduções

No mês de maio foram registrados 30 homicídios no Distrito Federal. Este é o menor número para igual período desde 1992. Nos cinco primeiros meses deste ano houve uma redução de 24,5% nos homicídios (200) em relação ao mesmo período do ano passado (266). 

“Estamos há cinco anos em queda contínua no número de homicídios no Distrito Federal. Temos a menor taxa desde 1992. A redução é prova concreta em conteste de que Brasília está indo cada vez mais no rumo certo. O Atlas da Violência deste ano publicado pelo IPEA com avaliação dos números de 2015, já mostra que o DF está em sexta posição como cidade menos violenta do país”, disse Edval Novaes. 

De acordo com o levantamento da SSP, dos seis crimes contra o patrimônio monitorados pelo programa Viva Brasília - Nosso Pacto pela Vida, quatro apresentaram queda em maio. Roubos e furtos de veículos, além de roubos a comércios e residências tiveram redução em relação ao mesmo período do ano passado. Os roubos de veículos tiveram redução de 12,4%. Em maio deste ano foram registradas 430 ocorrências do crime e no ano passado esse número foi de 491 ocorrências criminais.

Os furtos em veículos reduziram de 1350 para 1187 casos no mesmo período em comparação. Roubos em comércio apresentaram queda de 17,7%, sendo registrados 191 casos no mês passado contra 232 em maio 2016. Osroubos em residência apresentaram queda no acumulado do ano, foram 412 casos nos cinco primeiros meses de 2016 contra 381 de janeiro a maio de 2017.

*Com assessoria da SSP/DF

 

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247