Avó de primeira-dama aguarda cirurgia em maca no corredor de hospital do DF

A avó materna da primeira-dama Michele Bolsonaro, Maria Aparecida Firmo Ferreira de 78 anos, está em uma maca no corredor do Hospital Regional de Ceilândia, na periferia de Brasília, aguardando cirurgia. Sua neta e Jair Bolsonaro estão a 37 km de distância do hospital, no Palácio da Alvorada. Mas apesar da proximidade, a avó da primeira-dama não recebeu a visita ou apoio da neta

Em meio à crise no Planalto, Bolsonaro vai ao cinema com Michelle
Em meio à crise no Planalto, Bolsonaro vai ao cinema com Michelle (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

247 - Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 78 anos, avó materna da primeira-dama Michele Bolsonaro, é uma das pacientes que aguardam atendimento em macas improvisadas nos corredores do Hospital Regional de Ceilândia, na periferia de Brasília.

Sua neta e Jair Bolsonaro estavam a 37 km de distância do hospital, no Palácio da Alvorada. Mas apesar da proximidade, a avó da primeira-dama não recebeu a visita ou apoio da neta.

De acordo com reportagem da Folha, Maria Aparecida Firmo deu entrada no hospital na quinta-feira (8) com o fêmur fraturado e até a tarde deste sábado continuava na maca e não havia previsão de atendimento de seu caso. 

A avó da primeira-dama afirmou que se acidentou em casa em que mora na favela Sol Nascente, também na periferia de Brasília.

"Sou vó dela, [mas] ela ainda não sabe [do acidente]. Tenho o telefone dela não. Que não falo [com Michelle], tem já cinco anos. O dia que o pai dos meus filhos morreu, ela que pagou o enterro, ficou com a gente lá. Foi o último dia que eu vi", contou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247