Bancada quer suspender Delcídio do PT

Senadores do PT recomendaram, por meio de nota, que a Comissão Executiva Nacional do partido, que se reúne extraordinariamente nesta sexta-feira 4 para discutir o assunto, a suspensão provisória do senador Delcídio Amaral (MS) da legenda, "tendo em conta a gravidade dos fatos que redundaram na prisão do senador"; bancada também pede que seja aberto um processo para investigar o parlamentar na "Comissão de Ética e Disciplina cabível"

Em discurso na tribuna do Senado, senador Delcídio do Amaral (PT-MS).
Em discurso na tribuna do Senado, senador Delcídio do Amaral (PT-MS). (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Karine Melo, repórter da Agência Brasil - A bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) no Senado divulgou nota nesta sexta-feira (4) em que recomenda à Comissão Executiva Nacional do partido, reunida extraordinariamente hoje, em São Paulo, a suspensão provisória do senador Delcídio do Amaral (MS) da legenda, "tendo em conta a gravidade dos fatos que redundaram na prisão do senador".

A nota recomenda ainda que seja aberto um processo para investigar o senador na "Comissão de Ética e Disciplina cabível". Isso porque nesses casos parlamentares são investigados uma comissão do partido no estado de origem, no caso de Delcídio, Mato Grosso do Sul, mas diante da gravidade das denúncias há quem defenda que o caso vá para a comissão da Executiva Nacional.

Delcídio do Amaral está preso preventivamente, por tempo indeterminado, na Superintendência da Polícia Federal em Brasília, investigado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. O senador foi gravado em conversa com o advogado e o filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Na gravação ele sugeriu plano de fuga de Cerveró para a Espanha passando pelo Paraguai.

Além da situação de Delcídio do Amaral, na reunião em São Paulo a Executiva do PT também vai tratar do pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247