Bandidos rendem ônibus com passageiros de Brasília

Motorista e 11 pessoas seguiam do Distrito Federal para so Loureno, em Minas Gerais; com menos de trs horas de viagem, o veculo foi rendido por quatro homens armados e encapuzados; bjetos de valor e pertences pessoais foram levados; este o quarto assalto deste tipo registrado em 2012

Natalia Emerich _Brasília247 – A noite de terça-feira (6) foi de susto para passageiros que viajavam de Brasília com destino a São Lourenço, em Minas Gerais (MG). Com menos de três horas de viagem, a 10 quilômetros de Cristalina, o ônibus foi surpreendido por quatro homens armados. Os bandidos levaram objetos de valor e pertences pessoais das vítimas, que ficaram nas mãos dos criminosos por aproximadamente meia hora.

O ônibus da empresa Gontijo deixou o Distrito Federal com 11 passageiros às 19h30. Por volta das 22h o veículo reduziu a velocidade depois de identificar uma barreira na pista. Ao parar, o motorista foi rendido por quatro homens armados e encapuzados. Enquanto um deles vigiava o motorista e dava coordenadas para onde seguir, os outros três vasculharam o interior do carro e roubaram tudo que podia.

Uma das passageiras, a ex-repórter do Brasília247 Naira Trindade, estava a bordo no momento do crime. A jornalista relatou que o clima foi de terror e pânico. “Os bandidos ameaçavam nos levar para o mato e tirar a nossa roupa para se certificarem que não escondíamos nada”, conta. Segundo ela, eles levaram três notebooks, celulares de quase todos os passageiros e pertences pessoais.

De acordo com Naira, os assaltantes só deixaram o ônibus depois que um dos bandidos recebeu um telefonem informando sobre a aproximação de outro veículo, da companhia União. O futuro alvo dos criminosos, no entanto, conseguiu ser avisado a tempo pelo motorista do ônibus rendido, que o alertou sobre o perigo.

Assaltos a ônibus em regiões próximas a Cristalina são freqüentes, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Só em 2012, quatro casos foram registrados pela polícia. De acordo com a PRF as ações são premeditadas por quadrilhas especializadas no crime. Atualmente a fiscalização na área é feita por quatro policiais da PRF.

Com informações do G1

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247