Barbosa autoriza transferência de ex-deputados condenados

Os ex-deputados Pedro Correa e Pedro Henry poderão cumprir as penas em presídios localizados em regiões onde os parentes residem; os ex-parlamentares foram condenados a sete anos e dois meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; atualmente eles estão presos na Penitenciária da Papuda; Henry será transferido para o estado de Mato Grosso; Correa ficará preso em Pernambuco.

Os ex-deputados Pedro Correa e Pedro Henry poderão cumprir as penas em presídios localizados em regiões onde os parentes residem; os ex-parlamentares foram condenados a sete anos e dois meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; atualmente eles estão presos na Penitenciária da Papuda; Henry será transferido para o estado de Mato Grosso; Correa ficará preso em Pernambuco.
Os ex-deputados Pedro Correa e Pedro Henry poderão cumprir as penas em presídios localizados em regiões onde os parentes residem; os ex-parlamentares foram condenados a sete anos e dois meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; atualmente eles estão presos na Penitenciária da Papuda; Henry será transferido para o estado de Mato Grosso; Correa ficará preso em Pernambuco. (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil 

Brasília – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, autorizou hoje (20) a transferência de mais dois réus condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão. De acordo com Lei de Execução Penal, os ex-deputados Pedro Correa e Pedro Henry podem cumprir as penas em presídios localizados em regiões onde os parentes residem.

Os ex-parlamentares foram condenados a sete anos e dois meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Atualmente eles estão presos na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal. Henry será transferido para o estado de Mato Grosso. Correa ficará preso em Pernambuco. 

Na quarta-feira (18), o presidente do Supremo havia autorizado a transferência de dois condenados no processo: Romeu Queiroz, ex-deputado federal, condenado a seis anos e seis meses de prisão; e José Roberto Salgado, ex-dirigente do Banco Rural, que recebeu pena de a oito anos e dois meses. Eles foram cumprir pena em presídio da capital mineira.

No dia 2 de dezembro, Barbosa também autorizou a transferência de Simone Vasconcelos e Kátia Rabello, condenadas no processo do mensalão, para Belo Horizonte. As condenadas apresentaram-se à Polícia Federal, na capital mineira, no dia 15 de novembro, mas tinham sido transferidas para Brasília com mais nove condenados que tiveram a prisão decretada por Barbosa. Elas foram levadas para Belo Horizonte no dia 9 deste mês.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247