Base bolsonarista favorece ruralistas e tira R$ 84 bilhões da Previdência

Embora eleve o tempo de contribuição e a idade mínima para 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, a reforma da Previdência do governo Bolsonaro aprovou um benefício aos produtores rurais, que retira R$ 84 bilhões dos cálculos da economia estimada

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Os ruralistas foram beneficiados pela base bolsonarista na reforma da Previdência, recebendo um benefício tributário que retira R$ 83,9 bilhões da economia esperada de R$ 1,071 trilhão. 

"Passava de 2h da madrugada desta sexta-feira, quando os deputados aprovaram requerimento (sugestão de mudança de um ponto específico) apresentado pelo bloco formado pelos partidos PP, MDB e PTB. O texto mantém a isenção da alíquota de 2,6% sobre a comercialização de produção agrícola como contribuição previdenciária, desde que parte seja exportada", aponta reportagem do jornal Estado de S. Paulo.  "A aprovação por 23 a 19 do destaque significa um recuo de quase R$ 84 bilhões na economia prevista com a reforma da Previdência, que perdeu a marca de R$ 1 trilhão tão perseguida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Agora, em dez anos, a proposta, se aprovada, economiza R$ 987,5 bilhões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email