Bolsonaro ataca Moro e diz que Polícia Federal começou a funcionar depois que ele deixou o governo

"Com a troca do Ministro da Justiça, como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas. A PRF, por sua vez, quase triplicou a apreensão de drogas com o novo ministro", postou Jair Bolsonaro, em suas redes sociais

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Acusado pelo ex-ministro Sergio Moro, que vem sendo preparado pela Globo como potencial candidato à presidência, de frear o "combate à corrupção", Jair Bolsonaro reagiu e, na noite deste sábado, afirmou que a Poícia Federal passou a funcionar justamente após a troca de cargo em Brasília. Confira abaixo o texto postado por Bolsonaro em suas redes sociais:

- COMBATE À CORRUPÇÃO/A VERDADE:

- O maior programa combate à corrupção foi executado por mim ao não lotear cargos estratégicos, como por exemplo as presidências das estatais.

- A Polícia Federal goza de total liberdade em sua missão. Nunca interferi, e nem poderia, em absolutamente nada.

- No corrente ano a PF contará com mais 600 profissionais, bem como o novo Ministro da Justiça anunciou novo concurso para mais 2.000 vagas.

- Com a troca do Ministro da Justiça, como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas. A PRF, por sua vez, quase triplicou a apreensão de drogas com o novo ministro.

- Qualquer operação, de combate à corrupção ou não, deve ser conduzida nos limites da lei, e assim tem sido feito em meu Governo.

- Quanto as operações conduzidas por outro Poder quem responde pelas mesmas não sou eu.

- Com orgulho digo: estamos há 18 meses sem qualquer denúncia de corrupção. Isso tem incomodado parte da imprensa e os derrotados de 2018.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247