Bolsonaro atropela Moro e demite Maurício Valeixo da Polícia Federal

Ato de demissão foi publicado na madrugada desta sexta-feira. Objetivo é proteger os filhos que estão sendo investigados em esquemas como o do "gabinete do ódio", que espalha fake news contra as instituições; com isso, Sergio Moro deve se demitir ainda hoje

www.brasil247.com -
(Foto: ABr | Reprodução)


247 – Jair Bolsonaro ignorou os apelos de Sergio Moro e demitiu o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo. O Ato de exoneração foi publicado na madrugada desta sexta-feira (24). Leia:

diario oficial valeixo


"Jair Bolsonaro atropelou Sergio Moro e exonerou o diretor-geral da PF, Mauricio Valeixo. Segundo o Diário Oficial, 'a pedido'. Para proteger sua turma, o presidente da República interferiu diretamente na PF. Sergio Moro, claro, não pode continuar no governo", informa o site Antagonista, um dos mais "moristas" do país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O objetivo de Bolsonaro é proteger seus filhos, especialmente Carlos Bolsonaro, que comanda o "gabinete do ódio", estrutura de poder paralelo que espalha fake news e tenta intimidar autoridades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email