Bolsonaro deve sair "para o bem de todos", diz cacique Raoni na Câmara

Recebido por dezenas de parlamentares na Câmara, o líder caiapó Raoni rebateu nesta quarta-feira (25) o ataque de Jair Bolsonaro durante discurso na ONU. “O Bolsonaro falou que eu não sou uma liderança. Ele que não é uma liderança e tem que sair”, disse Raoni. “Antes que algo de muito ruim aconteça, ele tem que sair para o bem de todos”

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cacique Raoni, líder indígena caiapó, rebateu nesta quarta-feira (25) o ataque a ele feito por Jair Bolsonaro durante discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, nessa terça-feira (24). 

Recebido na Câmara dos Deputados por uma multidão composta por parlamentares da oposição e da militantes da frente ambientalista, Raoni rebateu Bolsonaro em pronunciamento traduzido por sua neta Maya. 

“O Bolsonaro falou que eu não sou uma liderança. Ele que não é uma liderança e tem que sair”, disse. “Antes que algo de muito ruim aconteça, ele tem que sair para o bem de todos.”

O cacique afirmou lutar pela preservação do meio ambiente e pela luta dos povos indígenas. 

Em seu discurso na ONU, criticado mundialmente, Jair Bolsonaro afirmou que o cacique era usado como “peça de manobra por governos estrangeiros na sua guerra informacional para avançar seus interesses na Amazônia.”

Assista à declaração dfo cacique Raoni:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email