CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Bolsonaro é acionado para explicar ataques contra servidores da Anvisa

Interpelação é da associação de servidores e da deputada Erika Kokay após presidente sugerir "interesses escusos" para autorizar vacinação

Jair Bolsonaro (Foto: ABr)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Metrópoles - A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) se uniu à Associação dos Servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitário (Univisa) para ingressar, nesta terça-feira (1º/2), com uma interpelação judicial contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

O argumento dos autores é de que o titular do Palácio do Planalto teria “maculado” a imagem da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), quando Bolsonaro teria desestimulado a vacinação de crianças, aprovada pelo órgão federal.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na mesma declaração, o presidente acusou os servidores e servidoras da agência de priorizar interesses “escusos” na liberação da vacinação. Os técnicos foram classificados pelo presidente como “tarados por vacinas”.

Leia a íntegra no Metrópoles.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO