Bolsonaro enfraquece Onyx ainda mais e demite assessor de imprensa que divulgou permanência de Santini

Em novo sinal de enfraquecimento do ministro Onyx Lorenzoni, Jair Bolsonaro exonerou na noite desta quinta-feira, 30, o seu assessor de Imprensa, Gustavo Chaves Lopes, autor da nota oficial dizendo que Jair Bolsonaro havia conversado com Vicente Santini e garantido sua permanência

Marcos Corrêa/PR
Marcos Corrêa/PR (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro exonerou na noite desta quinta-feira, 30, o assessor de Imprensa da Casa Civil, Gustavo Chaves Lopes, em um novo ato de esvaziamento da pasta comandada por Onyx Lorenzoni. 

Segundo o site O Antagonista, Gustavo Lopes foi o autor da nota oficial dizendo que Jair Bolsonaro havia conversado com Vicente Santini e garantido sua permanência.

Número 2 da Casa Civil, Vicente Santini havia sido exonerado após ter utilizado aivão da FAB para viagem à Índia. A pedido dos filhos, Bolsonaro voltou atrás e renomeou Santini. Na manhã desta quinta-feira, Bolsonaro recuou novamente e anunciou nova exoneração do servidor. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247