Brasília recebe a 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura

Evento ser na Esplanada dos Ministrios entre os dias 14 e 23 de abril; 120 editoras e autores devem estar presentes

Agência Brasília - O Governo do Distrito Federal promove, entre 14 e 23 de abril, a 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura de Brasília. Com entrada franca, o evento vai ocupar 50 mil m² na Esplanada dos Ministérios e reunir 120 editoras e autores de todos os continentes. Entre eles, o Prêmio Nobel de Literatura de 1986, Wole Soyinka. “Ela restabelece o laço indispensável com as políticas de educação pública, inserida no Plano do Livro e da Leitura do Distrito Federal”, enfatiza o secretário de Cultura, Hamilton Pereira.

A 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura será realizada pelas secretarias de Cultura e de Educação do GDF, em parceria com o Instituto Terceiro Setor. O projeto está inserido no Plano do Livro e da Leitura do Distrito Federal, que estabelece diretrizes para a formação de uma sociedade leitora e também prevê políticas, programas e eventos de promoção da leitura.

Estarão na cidade escritores, educadores, editoras, distribuidoras, empresários, jornalistas, leitores de todas as cidades e artistas. Fazem parte da programação lançamentos de livros, seminários internacionais, debates, palestras, encontros, oficinas, exibição de filmes que fazem o cruzamento entre cinema e literatura, exposições, homenagens, grandes shows, apresentações teatrais e realização de programas de governo que visam despertar o gosto pela leitura, em crianças, jovens e adultos.

Nobel

O escritor nigeriano Wole Soyinka, primeiro negro a receber o Nobel de Literatura, em 1986, lançará o livro “The Lion and the Jewel”. A obra, com selo da Geração Editorial, terá tradução especial para o acontecimento.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247