CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Cai 16% número de homicídios em maio no DF

O número de homicídios no Distrito Federal caiu 16% em maio de 2015 em comparação com o mesmo mês no ano passado; é o que aponta o balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social; foram 42 assassinatos registrados neste ano contra 50 no mesmo mês em 2014; o número de latrocínio também apresentou queda; foram dois roubos seguidos de morte em 2015 contra oito registrados no mesmo mês no ano passado

Imagem Thumbnail
O número de homicídios no Distrito Federal caiu 16% em maio de 2015 em comparação com o mesmo mês no ano passado; é o que aponta o balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social; foram 42 assassinatos registrados neste ano contra 50 no mesmo mês em 2014; o número de latrocínio também apresentou queda; foram dois roubos seguidos de morte em 2015 contra oito registrados no mesmo mês no ano passado (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Brasília 247 - O número de homicídios no Distrito Federal caiu 16% em maio de 2015 em comparação com o mesmo mês no ano passado. É o que aponta o balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social, divulgado nesta quarta-feira (3). Foram 42 assassinatos registrados neste ano contra 50 no mesmo mês em 2014.

O número de latrocínio também apresentou queda. Foram dois roubos seguidos de morte em 2015 contra oito registrados no mesmo mês no ano passado. A quantidade de assaltos a ônibus 923 roubos a coletivo, contra 1.070 no mesmo período do ano passado, uma queda de 15%.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Já o número de furtos a pedestres aumentou, com 296 registrados contra 251 no mesmo mês do ano passado. De acordo com o secretário Arthur Trindade, os resultados de maio como "animadores".

"Nós verificamos queda na taxa de crimes de quase todas as naturezas criminais e em todas as naturezas criminais que compõem o Pacto pela Vida. Os números desse mês são bastante animadores, são resultado da ação realizada pelas forças de segurança, ação essa que está sendo feita de forma articulada e focada. A tendência é que esses números se mantenham em queda nos próximos meses", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O diretor-geral da Polícia Civil, Eric Seba, disse que o alto número de furtos a pedestres se deve não exatamente ao crime: muitas pessoas registram o sumiço, quebra ou até venda de celulares como furto nas delegacias para que sejam ressarcidos pelas seguradoras.

"Em razão dos valores dos celulares hoje, temos verificado vários registros que não correspondem ao que está sendo comunicado. Aqueles registros que a gente consegue identificar como registro falso vamos indiciar como falsificação de crime", acrescentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os registros de roubo de veículo caíram 34,1% em maio deste ano com relação ao mesmo mês do ano passado, sendo 408 neste ano e 619 em 2014. No caso de roubo em comércio, foram 195 em maio deste ano e 308 no mesmo mês do ano passado.

Roubo a pedestre caiu 11,1%, com 2.559 casos em maio de 2015 contra 2.877 no mesmo período do ano passado. Mas no acumulado de 2015 o crime apresentou alta de 1,7%, sendo 13.704 roubos a pedestres neste ano e 13.472 nos primeiros cinco meses do ano passado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO