CNMP já formou maioria para punir Deltan Dallagnol

"A previsão é que, nas próximas semanas, um processo disciplinar seja aberto contra ele por 10 votos a 2", diz a colunista Mônica Bergamo. Deltan fez da Lava Jato uma plataforma para enriquecimento pessoal, com suas palestras, e também para suas pretensões políticas

Rio de Janeiro - Procurador do Ministério Público Federal e coordenador da força tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, fala no Congresso da Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - Procurador do Ministério Público Federal e coordenador da força tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, fala no Congresso da Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (Fernando Frazão/Agência Brasil) (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O procurador Deltan Dallagnol, que fez da Lava Jato uma plataforma para enriquecimento pessoal, com suas palestras, deve ser punido nas próximas semanas, segundo informa a colunista Mônica Bergamo. "A previsão é que, nas próximas semanas, um processo disciplinar seja aberto contra ele por 10 votos a 2. Na terça (24), sete conselheiros votaram para que Dallagnol responda à acusação de fazer campanha nas redes sociais contra o senador Renan Calheiros (MDB-AL) quando ele disputava a presidência do Senado", diz ela.

"Os votos de três dos sete contrários a Deltan surpreenderam: eles costumavam até agora votar a favor do procurador. Outros três conselheiros devem fechar o placar negativo nos próximos dias. O CNMP passa por ampla reformulação: o Senado, que aprova os conselheiros, vetou a recondução de dois deles, ameaça rejeitar um terceiro e aprovou novos nomes para integrarem o colegiado. Com isso, o placar, que foi sempre de 8 a 6 a favor da Lava Jato, pode virar", informa a jornalista.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247