Coluna do Estado prevê queda de Padilha e ascensão de Moreira

A Coluna do Estadão desta terça-feira relata a aproximação ainda maior entre o presidente Michel Temer e Moreira Franco, secretário do Programa de Parcerias e Investimentos, em meio ao escândalo do caso de Geddel Vieira Lima; a já delicada situação do atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, deve ficar ainda mais complicada quando as gravações de Marcelo Calero vierem à tona

Moreira Franco e Eliseu Padilha
Moreira Franco e Eliseu Padilha (Foto: Giuliana Miranda)

247 - A Coluna do Estadão desta terça-feira relata a aproximação ainda maior entre Michel Temer e Moreira Franco, secretário do Programa de Parcerias e Investimentos, em meio ao escândalo do caso de Geddel Vieira Lima. Para os jornalistas, a já delicada situação do atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, deve ficar ainda mais complicada quando as gravações feitas por Marcelo Calero vierem à tona.

Confira a nota:

Com os seus dois principais interlocutores, Geddel Vieira Lima e Eliseu Padilha, atingidos pelas denúncias do ex-ministro Marcelo Calero, o presidente Michel Temer se aproximou ainda mais do secretário Moreira Franco. Os dois já se falam com frequência, mas, desde que a crise estourou, intensificaram as conversas. No Planalto, a ordem para Padilha é submergir, mas poucos apostam que sobreviva na Casa Civil quando vierem à tona gravações feitas por Calero, que comprovariam que atuou para interferir na decisão a favor de Geddel. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247