Com baixo quórum, Bolsonaro cancela participação na Marcha da Família com Deus pela Liberdade

O evento tinha cerca de 50 pessoas, sendo que na Praça dos Três Poderes estavam os seguranças da Presidência e a equipe de comunicação e de fotografia

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - O fiasco do ato comemorativo dos 58 anos da Marcha da Família com Deus pela Liberdade, realizada em 19 de março de 1964, levou Jair Bolsonaro (PL) a cancelar sua participação na manifestação na Praça dos Três Poderes, em Brasília, na manhã deste domingo.

O ato foi convocado pela Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil e a Marcha da Família Cristã pela Liberdade em pelo menos 11 cidades, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Na capital federal, o evento tinha cerca de 50 pessoas, sendo que na praça estavam os seguranças da Presidência da República, a equipe de comunicação e de fotografia, além do intérprete de libras. Jornalistas também esperavam o presidente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ato foi amplamente convocado com materiais de divulgação citando a presença de Bolsonaro, mas não foi o suficiente para lotar a praça.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Realizada em 19 de março de 1964, a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, antecedeu o golpe militar que destituiu João Goulart da Presidência da República e instaurou uma ditadura militar por 21 anos. À época, grupos conservadores organizaram manifestações contra “a ameaça comunista”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email