Começam desocupações no Sol Nascente

Para dar prosseguimento às obras de infraestrutura e construção de unidades habitacionais no Sol Nascente, em Ceilândia, começaram a ser retiradas 200 edificações de alvenaria em área irregular no Trecho 2; a previsão é que os trabalhos terminem até sexta (27); no local serão instaladas 2.148 casas; montante de recursos previsto para o programa Pró-Moradia II é de R$ 220 milhões; o governo também já deu início a obras de pavimentação na localidade

Para dar prosseguimento às obras de infraestrutura e construção de unidades habitacionais no Sol Nascente, em Ceilândia, começaram a ser retiradas 200 edificações de alvenaria em área irregular no Trecho 2; a previsão é que os trabalhos terminem até sexta (27); no local serão instaladas 2.148 casas; montante de recursos previsto para o programa Pró-Moradia II é de R$ 220 milhões; o governo também já deu início a obras de pavimentação na localidade
Para dar prosseguimento às obras de infraestrutura e construção de unidades habitacionais no Sol Nascente, em Ceilândia, começaram a ser retiradas 200 edificações de alvenaria em área irregular no Trecho 2; a previsão é que os trabalhos terminem até sexta (27); no local serão instaladas 2.148 casas; montante de recursos previsto para o programa Pró-Moradia II é de R$ 220 milhões; o governo também já deu início a obras de pavimentação na localidade (Foto: Leonardo Lucena)

Rafael Alves, da Agência Brasília - Para dar prosseguimento às obras de infraestrutura e construção de unidades habitacionais no Sol Nascente, em Ceilândia, começaram a ser retiradas, por volta das 10h20 desta terça-feira (24), 200 edificações de alvenaria em área irregular no Trecho 2. A operação, coordenada pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), conta com 260 servidores e envolve 14 órgãos do governo. A previsão é que os trabalhos terminem até sexta (27).

Após a desocupação dessa área, o canteiro de obras do Pró-Moradia II será instalado no local para erguer novas unidades habitacionais. Com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, o Pró-Moradia II vai entregar 2.148 casas no Sol Nascente.

O montante de recursos previsto para o programa no Sol Nascente é de R$ 220 milhões. Até o fim do projeto, 15.738 famílias do local serão contempladas com serviços públicos de infraestrutura em decorrência da intervenção urbana.

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247