CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Comitê cria regras para uso do Lago Paranoá

O documento que estabelece, pela primeira vez, a divisão do espelho d'água do Lago Paranoá em oito zonas de uso foi apresentado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranoá; assim que os mapas que definirão os espaços estiverem concluídos serão enviados às autoridades responsáveis pela fiscalização do local    

Imagem Thumbnail
O documento que estabelece, pela primeira vez, a divisão do espelho d'água do Lago Paranoá em oito zonas de uso foi apresentado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranoá; assim que os mapas que definirão os espaços estiverem concluídos serão enviados às autoridades responsáveis pela fiscalização do local     (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Agência Brasília - O documento que estabelece, pela primeira vez, a divisão do espelho d'água do Lago Paranoá em oito zonas de uso foi apresentado nesta quarta-feira (19) pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranoá. Assim que os mapas que definirão os espaços estiverem concluídos serão enviados às autoridades responsáveis pela fiscalização do local.

Após várias análises e discussões, foram estabelecidas zonas para banho, atividades náuticas não motorizadas, motonáutica, diluição de efluentes de estações de tratamento, segurança do futuro ponto de captação de água para abastecimento público, segurança da barragem, segurança nacional e restrição ambiental.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Estamos propondo algo inovador no país, porque existem atualmente conflitos no espaço hídrico que acabam em acidentes com lanchas, por exemplo. Nossa tentativa é ordenar o uso do local, inclusive conferindo mais segurança aos usuários do lago", explicou o presidente eleito do comitê, George Werneck.

Ainda segundo Werneck faltam apenas alguns ajustes nos mapas, como finalizar os tamanhos, locais, polígonos e percentuais de água necessários em cada zona: "Estamos terminando esses documentos, para divulgar amplamente na mídia e nos diversos órgãos responsáveis, tanto do DF quanto nacionais", ressaltou o presidente eleito.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O zoneamento terá amplo reflexo nos processos de emissão de outorgas de direito de uso das águas, no licenciamento ambiental, nas concessões de autorização para uso náutico e em atividades regulatórias e fiscalizatórias de todos os usos da água do Paranoá.

A apresentação ocorreu durante a 9ª Reunião Ordinária, aberta a todos os interessados, no Auditório 1 do Instituto de Ciências Biológicas da UnB, na Asa Norte.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
*Com informações da Adasa
 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO