CPI quer ouvir Ricardo Pessoa nos próximos dias

Deputados da comissão que investiga denúncias contra a Petrobras já haviam aprovado requerimento de convocação do empreiteiro da UTC, mas aguardavam a homologação do acordo de delação premiada, o que foi feito na quinta-feira pelo ministro Teori Zavascki, do STF

Deputados da comissão que investiga denúncias contra a Petrobras já haviam aprovado requerimento de convocação do empreiteiro da UTC, mas aguardavam a homologação do acordo de delação premiada, o que foi feito na quinta-feira pelo ministro Teori Zavascki, do STF
Deputados da comissão que investiga denúncias contra a Petrobras já haviam aprovado requerimento de convocação do empreiteiro da UTC, mas aguardavam a homologação do acordo de delação premiada, o que foi feito na quinta-feira pelo ministro Teori Zavascki, do STF (Foto: Gisele Federicce)

Brasília 247 – A CPI da Petrobras quer marcar data para o depoimento do empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, para os próximos dias. A expectativa é que ele compartilhe com os parlamentares as revelações que fez aos investigadores da Operação Lava Jato. Vazamentos vieram à tona nesta sexta-feira 26.

O requerimento de convocação ao empreiteiro já havia sido aprovado pelos deputados integrantes da comissão, mas o colegiado aguardava a homologação da delação premiada de Pessoa, o que aconteceu na última quinta-feira pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal.

"Fizemos um acordo de deixar o depoimento para depois na expectativa de que viesse e pudesse falar após a delação premiada. O presidente Hugo Motta (PMDB-PB) já está fazendo os preparativos para que possamos realizar esse depoimento", declarou o vice-presidente da CPI, deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247