Cunha recorre ao TRF para permanecer preso em Brasília

Ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região para permanecer preso em Brasília; Cunha, que cumpre sentença em Curitiba no âmbito da Lava Jato, foi transferido de Curitiba para o Distrito Federal há duas semanas para prestar depoimento no âmbito da Operação Sépsis, que apura irregularidades na liberação de financiamentos da Caixa ; objetivo de Cunha é permanecer preso em Brasília pelo menos até que seja publicada a sentença a que deverá ser submetido no julgamento da Operação Sépsis

Ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região para permanecer preso em Brasília; Cunha, que cumpre sentença em Curitiba no âmbito da Lava Jato, foi transferido de Curitiba para o Distrito Federal há duas semanas para prestar depoimento no âmbito da Operação Sépsis, que apura irregularidades na liberação de financiamentos da Caixa ; objetivo de Cunha é permanecer preso em Brasília pelo menos até que seja publicada a sentença a que deverá ser submetido no julgamento da Operação Sépsis
Ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região para permanecer preso em Brasília; Cunha, que cumpre sentença em Curitiba no âmbito da Lava Jato, foi transferido de Curitiba para o Distrito Federal há duas semanas para prestar depoimento no âmbito da Operação Sépsis, que apura irregularidades na liberação de financiamentos da Caixa ; objetivo de Cunha é permanecer preso em Brasília pelo menos até que seja publicada a sentença a que deverá ser submetido no julgamento da Operação Sépsis (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região para permanecer preso em Brasília. Cunha foi transferido de Curitiba para o Distrito Federal há duas semanas para prestar depoimento no âmbito da Operação Sépsis, que apura irregularidades na liberação de financiamentos da Caixa Econômica Federal,

O objetivo de Cunha é permanecer preso em Brasília pelo menos até que seja publicada a sentença a que deverá ser submetido no julgamento da Operação Sépsis. O recurso impetrado pelo ex-parlamentar, que cumpre sentença no âmbito da Lava Jato, será analisado pelo desembargador federal Ney Bello.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247