Deputada bolsonarista usa tribuna da Câmara para pedir ditadura militar

Em discurso golpista, que distorce o dispositivo contido no Artigo 142 da Constituição, a deputada bolsonarista defende que Bolsonaro "atenda o povo que o elegeu" e promova uma intervenção militar. Assista

(Foto: Reprodução (TV Câmara))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A deputada federal bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF) usou seu tempo de fala na Câmara dos Deputados na tarde desta quinta-feira (21) para defender uma intervenção militar constitucional, segundo ela, de acordo com o artigo 142.

“Nossa Constituição previu sim um poder moderador que alguns, talvez por desconhecimento, atribuem ao STF, mas a correta interpretação foi relembrada foi relembrada pelo maior constitucionalista vivo, doutor Ives Gandra Martins”, diz a deputada, que falou na tribuna como líder do PSL.

“Tratam um dispositivo constitucional como pauta ilegítima, como clamor pelo golpe. Isso é uma mentira e nós aqui sabemos disso. É por isso que e preciso parar essas usurpações para que a intervenção não seja o último remédio constitucional que permita um presidente atender o povo que o elegeu”, completou. “A paciência do povo não deve ser testado ao último limite”, disse ainda.

Continue lendo na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email