Definida primeira solução para problemas do Eixão

Concurso pblico nacional vai definir a melhor proposta para revitalizar as passagens subterrneas que cortam a rodovia. Outras propostas sero discutidas na prxima quarta-feira



✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Naira Trindade _Brasília247 – A primeira solução para diminuir a quantidade de acidentes no Eixão saiu: o governo pretende revitalizar as 19 passagens subterrâneas que cortam o Eixo Rodoviário. Decisão unânime entre o grupo de arquitetos, urbanistas, representantes do Iphan e secretários de governo, a reforma dos corredores escuros, sujos e mal conservados será tema de um concurso público nacional para escolher o melhor projeto. Outras propostas de intervenções na rodovia de 14 quilômetros serão analisadas até quarta-feira (13).

No projeto de reformulação das passagens, apresentado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), as curvas existentes nos finais dos túneis devem ser retiradas. Segundo o vice-governador Tadeu Filippelli, o instituto identificou que não pode haver pontos cegos dentro dos túneis, para que o pedestre não seja surpreendido. “O pedestre tem que ter a visão de todo o trajeto”, explica. Quem decidir participar do concurso terá que pensar em uma saída para tornar as passagens constantemente iluminadas e ainda vai ter de utilizar materiais de acabamentos que sejam fáceis de higienizar.

continua após o anúncio

Câmeras de segurança também poderão ser instaladas de forma estratégica, para o monitoramento constante do corredor. Além de montar o projeto, os arquitetos terão que pensar em alternativas para instalar esses equipamentos de forma que ninguém consiga depredá-los, algo bastante comum nas passarelas. Outra proposta definida é a integração dos corredores com as passagens do metrô. Nos cálculos do IAB, a integração dos corredores vai reduzir de 600 metros para 410 metros a distância entre as passagens, podendo aumentar, assim, o fluxo de pedestres.

continua após o anúncio

O que mais?

continua após o anúncio

As outras propostas apresentadas, como o alargamento das passarelas, serão estudadas com mais rigor, devido ao custo. As medidas são acompanhadas também pelo superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Distrito Federal (Iphan), Alfredo Gastal. Nesta semana, técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) instalam mais oito controles de velocidade ao longo da via expressa. Os pontos com maior índice de acidentes são prioridades neste momento. Os policiais da Companhia de Policiamento Rodoviário fiscalizam dois pontos do Eixão, mas se limitam a observar os carros, sem orientar os pedestres a não atravessar a rodovia por entre os veículos.

Um dossiê com todas as propostas apresentadas é analisado pelo grupo chefiado por Filippelli, que também envolve os secretários de Transportes, Obras e Desenvolvimento Urbano, e o diretor do DER, Fauzi Nacfur Junior. Também participam do grupo representantes do Departamento de Trânsito, da Codeplan e do Instituto dos Arquitetos do Brasil, além de promotores de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística. Na próxima quarta-feira (13), todos sentarão para discutir as observações das propostas. O pacote de medidas será divulgado no dia 20.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247