Deputada distrital proíbe que servidores saiam para almoço

Eles devem trabalhar presencialmente e não sair para almoçar às terças e quartas-feiras

Júlia Lucy
Júlia Lucy (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - Enquanto parte dos funcionários da Câmara Legislativa segue ato da Mesa Diretora para tentar evitar o avanço da epidemia de coronavírus na sede do Legislativo local e se mantêm em teletrabalho, a deputada Júlia Lucy (Novo), fez um apelo aos servidores lotados em seu gabinete. Eles devem trabalhar presencialmente e não sair para almoçar às terças e quartas-feiras.

Em mensagem de WhatsApp, no grupo dos contratados pela distrital, o chefe de gabinete dela, Arthur Nogueira, anuncia: “Pessoal, solicito a todos aqueles que trabalham no gabinete em dia de sessão, notadamente na terça-feira e na quarta-feira, que não saiam para almoçar. Permaneçam continuadamente à disposição, presencialmente, durante todo o expediente”, diz o comunicado.

Atualmente, a maior parte dos servidores e comissionados da Casa estão em teletrabalho devido à Covid-19. Em março, a Câmara Legislativa publicou ato da Mesa Diretora prevendo a redução do funcionamento da Casa no período para os funcionários. A jornada passou a ser de 13h às 19h.

Além disso, o Parlamento local também anunciou outras medidas, como teletrabalho, dispensa do ponto eletrônico para funcionários maiores de 60 anos e liberação daqueles que tenham doenças crônicas. De acordo com normas trabalhistas e regimento interno da Casa, há ainda o direito a horário de almoço.

Por meio de nota, a deputada Júlia Lucy confirmou a mensagem e disse que se trata de um comunicado interno “acerca da presença dos assessores que acompanham o plenário, para que estejam à disposição do trabalho em regime de escala”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247