Eduardo Bolsonaro sofre primeira derrota como líder do PSL

Na primeira reunião do colégio de líderes de Eduardo Bolsonaro como representante do PSL, o projeto de lei que ampliava as regras de porte e posse de armas de fogo - pauta importante para o governo de Jair Bolsonaro -, foi retirado da pauta

Eduardo Bolsonaro
Eduardo Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua primeira reunião do colégio de líderes como representante do PSL, Eduardo Bolsonaro (SP) e, consequentemente, o governo, foram derrotados.

"As lideranças da Câmara dos Deputados decidiram retirar da pauta o projeto de lei que ampliava as regras de porte e posse de armas de fogo. O substitutivo do deputado Alexandre Leite (DEM-SP) foi considerado 'amplo demais'", informa o BRPolítico.

Com isso, o texto, que está desde agosto aguardando na pauta da Câmara, vai precisar aguardar mais um tempo antes de ser apreciada pelo plenário.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247