Em despedida melancólica, Dallagnol deixa Lava Jato e redes sociais

O procurador Deltan Dallagnol anunciou sua saída da Lava Jato e também das redes sociais. Ele disse: “os mesmos valores que me fizeram dar o melhor na LJ hoje me levam a me dedicar à minha família, com atenção especial ao tratamento de minha filha. Seria inviável fazer isso sem me afastar da maior operação da história do país”

Procurador Deltan Dallagnol 10/03/2020
Procurador Deltan Dallagnol 10/03/2020 (Foto: REUTERS/Rodolfo Buhrer)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador Deltan Dallagnol publicou tuíte em que anuncia sua saída da Lava Jato. Ele agradeceu pelo “apoio” ao trabalho da força-tarefa e “à causa anticorrupção”. O procurador destacou: “isso vale não só para as equipes que trabalharam na Lava Jato, mas vale para o Brasil.” 

Ao contrário de outros momentos, em que dizia ser imprescindível para o avanço da operação, Deltan disse agora ter “plena confiança” no trabalho dos que aqueles que irão sucedê-lo. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247