Em evento esvaziado, Bolsonaro celebra golpe militar

O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) reuniu dois de seus filhos e um pequeno grupo de seguidores, na manhã de hoje, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), para comemorar o golpe de 31 de março de 1964

O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) reuniu dois de seus filhos e um pequeno grupo de seguidores, na manhã de hoje, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), para comemorar o golpe de 31 de março de 1964
O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) reuniu dois de seus filhos e um pequeno grupo de seguidores, na manhã de hoje, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), para comemorar o golpe de 31 de março de 1964 (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) reuniu dois de seus filhos e um pequeno grupo de seguidores, na manhã de hoje, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), para comemorar o golpe de 31 de março de 1964.

Em frente ao uma faixa parabenizando os militares, Bolsonaro gravou um vídeo mostrando o ato. O vídeo está na página do presidenciável, no Facebook.

O deputado diz que em 31 de março de 1964 o Brasil foi salvo de uma "cubanização", pede que os militares o aguardem e volta a criticar Lula e o PT.

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247