Especialistas dizem que falha apontada por PL não altera resultado da eleição

De acordo com o professor Ivar Hartman, coordenador do Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV, o questionamento sobre o código "ID_UE" não tem relevância

Valdemar Costa Neto (PL) questionou as urnas eletrônicas
Valdemar Costa Neto (PL) questionou as urnas eletrônicas (Foto: Reprodução | ABr)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Especialistas em tecnologia da informação disseram que a falha no chamado "arquivo log de urnas" apontada pelo partido de Jair Bolsonaro (PL) não tem importância para o resultado das eleições. As entrevistas foram publicadas nesta terça-feira (22) pelo portal Uol

De acordo com o professor Ivar Hartman, coordenador do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e doutor em direito público pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), o questionamento sobre o código "ID_UE" não tem relevância. "Estando incorreta, não torna o cálculo dos votos errado; Apenas afeta auditoria. De qualquer forma, não importa o código da urna".

continua após o anúncio

>>> "Chega de catimba", diz Gleisi, após tentativa de golpe promovida por Jair Bolsonaro e Valdemar Costa Neto

O consultor Giuseppe Janino, ex-diretor de Tecnologia da Informação do TSE e um dos criadores do projeto de engenharia da urna eletrônica, lembra que existem certificados digitais dentro de cada equipamento. "Todos os 'logs' são assinados por cada urna eletrônica com seus respectivos certificados digitais", afirmou.

continua após o anúncio

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, cobrou a íntegra do relatório encomendado pelo partido de Valdemar Costa Neto.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247