CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Esther Dweck defende nova política de valorização dos servidores públicos

Ministra mencionou a intenção de diversificar os critérios de progressão, de modo a refletir melhor as necessidades do serviço público

Ministra da Gestão, Esther Dweck (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A ministra da Gestão, Esther Dweck, reforçou a necessidade de uma revisão no sistema de progressão de carreira para os servidores públicos. Em uma entrevista concedida ao jornal Valor, Dweck expressou a opinião de que os funcionários devem alcançar o auge de suas carreiras ao longo de um período de 20 anos. Ela destacou a importância de uma progressão mais gradual e equilibrada, que leve em consideração não apenas o tempo de serviço, mas também outros critérios, como áreas prioritárias e locais de difícil acesso.

A ministra ressaltou que o governo está em processo de elaboração de diretrizes para esse prolongamento das carreiras, visando garantir uma trajetória mais estável e justa para os servidores ao longo de suas jornadas profissionais. Dweck mencionou a intenção de diversificar os critérios de progressão, de modo a refletir melhor as necessidades do serviço público e promover uma distribuição mais equitativa das oportunidades de avanço na carreira.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Além disso, Dweck enfatizou que a reforma proposta busca não apenas estender o tempo necessário para atingir o topo da carreira, mas também considerar aspectos como a complexidade das funções desempenhadas e a atratividade em relação ao setor privado. Ela destacou a importância de uma abordagem criteriosa e gradual nesse processo de revisão das carreiras, reconhecendo que o impacto orçamentário e administrativo deve ser cuidadosamente avaliado.

A ministra também abordou a necessidade de uma análise mais aprofundada sobre a estruturação das carreiras públicas, visando uma melhor adequação às demandas e desafios contemporâneos. Ela mencionou a importância de definir carreiras prioritárias e reorganizá-las de acordo com critérios mais claros e transparentes, levando em consideração a complexidade das atribuições e as necessidades do serviço público.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Por fim, Dweck ressaltou que as diretrizes para o prolongamento das carreiras serão divulgadas em breve e que o governo está comprometido em promover uma reforma administrativa que leve em consideração não apenas questões fiscais, mas também a qualidade e eficiência dos serviços públicos prestados à população.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO