Estudante de Brasília picado por naja é preso

Pedro Henrique Lemkuhl foi preso na manhã desta quarta-feira em mais uma fase da Operação Snake. Ele cumprirá prisão temporária de cinco dias por ser suspeito de tráfico de animais

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O estudante de medicina veterinária foi picado por uma naja kaouthia em 7 de julho, foi preso na manhã desta quarta-feira (29). Segundo reportagem do portal Correio Braziliense, Pedro Henrique Lemkuhl, 22 anos, é suspeito de fazer parte de um esquema de tráfico de animais.

O mandado de prisão temporária foi cumprido no Guará por agentes da 14ªDP (Gama). 

A naja que picou Pedro, e que ganhou fama nas redes sociais após o episódio, não é nativa da fauna brasileira e a suspeita é que ela tenha sido trazida para o país com uma licença irregular expedida por uma servidora do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama). A funcionária do órgão, entretanto, nega ter participação no caso. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247