Ex-governador do DF faz vaquinha para pagar advogado

O ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT), que teve R$ 10 milhões de suas contas bloqueados pela operação Panateiaco, está organizando uma vaquinha (crowdfunding) para conseguir pagar seus advogados; adesão é em forma de janta cujo convite custa R$ 300

O governador do Distrito Federal,  Agnelo Queiroz, presta depoimento à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira
O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, presta depoimento à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira (Foto: Giuliana Miranda)

Brasília 247 - Convite virtual chamando os amigos do ex-governador Agnelo Queiroz (PT) para jantar de apoiamento ao petista tem despertado variadas reações. Há quem cogite botar o evento na agenda.

Mas, em geral, a mobilização não está fazendo sucesso. O preço da adesão: R$ 300. E o motivo? Dar uma força para que o petista consiga os advogados. Ele teve R$ 10 milhões bloqueados de suas contas durante a Panatenaico, operação que o indiciou por participação no esquema de desvio de recursos do Mané Garrincha.

As informações são de Lilian Tahan no Metrópoles.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247