Experientes tropeçam no country-cota

Na chave masculina, trs duplas jovens venceram atletas consagrados e disputam hoje o torneio qualificatrio no Circuito Mundial em Braslia

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – Atletas experientes como Benjamin, Bily, Bruno Schmidt e Tiago não conseguiram passar para a próxima fase do Circuito Mundial Vôlei de Praia que acontece na Esplanada dos Ministérios em Brasília.

As duplas, Beto Pitta e Lipe, Gilmário e Luciano e Moisés e Vitor Felipe conquistaram o direito de disputar o torneio qualificatório (qualifying) durante esta quarta-feira (18). A chave classifica oito duplas para o torneio principal.

Entre os oito atletas classificados, os mais velhos são Lipe e Gilmário, com 28 anos cada. Suas parcerias tiraram da disputa atletas como o experiente Benjamin, de 40 anos, que já disputou 144 etapas no Circuito Mundial, e Bruno Schmidt, que apesar dos 25 anos já tem mais de 50 etapas internacionais no currículo.

O caminho mais longo até a classificação foi feito por Gilmário e Luciano, que estreiam no Circuito Mundial em Brasília. Na primeira partida do dia, a dupla derrotou Bruno e Hevaldo, líderes do ranking nacional, por 2 sets a 1, parciais ( 18-21, 21-16 e 21-19). Depois, a dupla classificou-se superando Benjamin e Álvaro Filho em dois sets (21-15 e 24-22).

Outro estreante no Circuito Mundial, o paraibano Vitor Felipe, de 21 anos, também conseguiu a vaga. Ao lado do parceiro Moisés, ele superou Thiago e Ferramenta por 2 sets a 0 (21-14 e 21-15) no único jogo do dia.

No country-cota dos Estados Unidos, Keenan e Mayer levaram a vaga derrotando Jennings e Strickland por 2 sets a 1, parciais de (21-17, 20-22 e 15-7). Na disputa canadense, Zbyszewski e Schalk garantiram a classificação ganhando de Van Huizen e May também por 2 a 1 (21-14, 19-21 e 17-15).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email