Fachin vota contra Lula em HC sobre Felix Fischer

Relator do recurso, o ministro Edson Fachin foi o primeiro a votar no caso do habeas corpus relacionado ao ministro do Felix Fischer, do STJ, durante julgamento da Segunda Turma; o segundo HC que será julgado ainda nesta terça-feira, sobre a suspeição de Moro, é o que pode resultar na liberdade de Lula

Fachin diz que VazaJato é apenas 'circunstância conjuntural'
Fachin diz que VazaJato é apenas 'circunstância conjuntural'
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Relator do recurso, o ministro Edson Fachin foi o primeiro a votar no caso do habeas corpus relacionado ao ministro do Superior Tribunal de Justiça Felix Fischer, repetindo decisão que já havia proferido no ano passado. 

O voto foi feito durante julgamento da Segunda Turma do STF na tarde desta terça-feira 25. Faltam ainda os votos dos outros quatro ministros que compõem a turma. Depois desse recurso, a Segunda Turma deverá votar o HC que pede a declaração da suspeição de Sergio Moro.

O segundo recurso, sobre Moro, é o que pode resultar na liberdade de Lula.

O ministro Gilmar Mendes, no início da reunião da Segunda Turma desta terça, propôs a liberdade de Lula de forma liminar até que o Supremo não decida sobre o HC em relação à suspeição de Moro - caso não seja concluída hoje. A defesa de Lula concorda com a proposta.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247