FHC fez consulta pró-Arruda a Gilmar Mendes

Ex-presidente Fernando Henrique admite em nota ter procurado ministro do STF para saber se julgamento do candidato impugnado a governador de Brasília José Roberto Arruda (PR) seria apreciado pela corte a tempo de ele concorrer às eleições; "Apenas indaguei ao ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer", admitiu o líder tucano; em 2012, ex-presidente Lula foi cercado de críticas sob acusações de ter procurado Mendes para discutir o processo do chamado mensalão; "Fiquei escandalizado", disse Gilmar; agora, ministro reconhece que "praticamente todos os políticos" querem saber sua opinião sobre aplicação da Ficha Limpa; Arruda está sendo julgado esta noite pelo TSE

www.brasil247.com - Ex-presidente Fernando Henrique admite em nota ter procurado ministro do STF para saber se julgamento do candidato impugnado a governador de Brasília José Roberto Arruda (PR) seria apreciado pela corte a tempo de ele concorrer às eleições; "Apenas indaguei ao ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer", admitiu o líder tucano; em 2012, ex-presidente Lula foi cercado de críticas sob acusações de ter procurado Mendes para discutir o processo do chamado mensalão; "Fiquei escandalizado", disse Gilmar; agora, ministro reconhece que "praticamente todos os políticos" querem saber sua opinião sobre aplicação da Ficha Limpa; Arruda está sendo julgado esta noite pelo TSE
Ex-presidente Fernando Henrique admite em nota ter procurado ministro do STF para saber se julgamento do candidato impugnado a governador de Brasília José Roberto Arruda (PR) seria apreciado pela corte a tempo de ele concorrer às eleições; "Apenas indaguei ao ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer", admitiu o líder tucano; em 2012, ex-presidente Lula foi cercado de críticas sob acusações de ter procurado Mendes para discutir o processo do chamado mensalão; "Fiquei escandalizado", disse Gilmar; agora, ministro reconhece que "praticamente todos os políticos" querem saber sua opinião sobre aplicação da Ficha Limpa; Arruda está sendo julgado esta noite pelo TSE (Foto: Aline Lima)


247 – O ex-presidente Fernando Henrique admitiu em nota divulgada nesta terça-feira 26 ter procurado o ministro Gilmar Mendes, do STF, a pedido do candidato a governador de Brasília José Roberto Arruda, do PR. A intenção era saber se havia condições de o Supremo julgar o recurso de Arruda contra a cassação de sua candidatura, com base na lei da Ficha Limpa.

- O ex-governador Arruda falou comigo a respeito de seu recurso ao TSE. Queria que o julgamento ocorresse a tempo de, se favorável, concorrer ao governo de Brasília. Como sempre, sou muito cuidadoso nessas matérias. Apenas indaguei o ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer. Fui informado de que haveria um julgamento anterior que pré-julgaria o caso. Nada mais pedi a ninguém nem nada mais me foi dito, disse FHC em texto ao jornal Folha de S. Paulo.

O problema, para ele, é que, em 2012, protagonista de uma situação do mesmo tipo, o ex-presidente Lula foi execrado por ter supostamente pressionado o mesmo ministro a trabalhar para adiar a apreciação do julgamento do chamado mensalão, a Ação Popular 470.

- Fiquei escandalizado, resumiu, naquele momento, o ministro do STF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em um diálogo telefônico que foi gravado, o ex-governador Arruda disse ao advogado Eri Varela que o ex-presidente tucano estava "trabalhando" a seu favor. Em contas feitas a Varela, que também é advogado do ex-governador do DF Joaquim Roriz, Arruda disse estar temeroso pelo resultado de seu julgamento, marcado para esta terça-feira, a partir das 19h00, no Tribunal Superior Eleitoral:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

- É mais difícil conseguir quatro votos no TSE do que um milhão de votos para governador de Brasilia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O advogado concordou com o candidato que está impugnado pela Justiça de que as chances de vitória hoje são pequenas. Ele, no entanto, deu esperanças de que a situação pode ser revertida no Superior Tribunal de Justiça.

O ministro Mendes, que quando foi procurado por Lula revelou o encontro como um assédio à sua independência, afirmou, sobre o telefonema que FHC admitiu ter dado, que não se lembre especificamente desta ligação. Ele preferiu generalizar:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

- Praticamente todos os políticos me perguntam sobre a lei da Ficha Limpa, procurou justificar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email