Filha de Bolsonaro deve entrar no Colégio Militar de Brasília sem processo seletivo

Jair Bolsonaro alega que sua filha tem "direito por lei" de ingressar no CMB

Jair Bolsonaro e Laura Bolsonaro
Jair Bolsonaro e Laura Bolsonaro (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

Por Guilherme Amado, no Metrópoles - Laura Bolsonaro, filha de Jair Bolsonaro, de 11 anos, está perto de conseguir uma vaga no Colégio Militar de Brasília (CMB) sem passar pelo processo seletivo rotineiro. Na última semana, funcionários do colégio foram avisados de que Laura deverá cursar o 6º ano do ensino fundamental na escola.

Em 24 de agosto, Bolsonaro disse a apoiadores no Palácio da Alvorada que desejava que a filha fosse matriculada no CMB. “A minha (filha) deve ir ano que vem pra lá (Colégio Militar). A imprensa já está batendo. Ela tem direito por lei, até por questão de segurança”, declarou. O Exército precisa aprovar o pedido.

Leia a íntegra no Metrópoles

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email