Filho de Mourão deixa assessoria da presidência do Banco do Brasil, mas mantém salário de R$ 36 mil

Antônio Hamilton Mourão, filho do vice-presidente, deixará de ser assessor especial da presidência para se tornar gerente executivo de Marketing e Comunicação do BB, mantendo o mesmo salário

(Foto: Antônio Hamilton Mourão, filho de Mourão)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Antônio Hamilton Mourão, filho do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, deixará de ser assessor da presidência do Banco do Brasil, mas terá mantido seu salário de R$ 36 mil.

Sua promoção no início de janeiro deste ano, portanto logo após a posse do governo Bolsonaro, causou polêmica e críticas. Ele foi transferido de assessor empresarial da área de agronegócios do banco para a assessoria especial da presidência, tendo na ocasião o salário triplicado.

"Agora, nesta nova mudança de cargo, sua remuneração não muda", informa o colunista Lauro Jardim, no Globo.

A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) criticou a nova mudança e lembrou do caso recente de censura no BB, promovido pelo governo Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247