Frente Parlamentar Mista da criança e do adolescente é relançada em Brasília

“São tempos difíceis no Brasil e no mundo. As crianças e adolescentes não podem ser tratadas com desrespeito", disse a coordenadora geral da Frente, deputada Maria do Rosário (PT-RS)

(Foto: Lula Marques/Liderança do PT)

247 - Foi relançada nesta quarta-feira (23) a Frente Parlamentar Mista de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Meninas e meninos,  parlamentares, organizações, entidades e representantes da sociedade civil de todo o Brasil participaram do evento.

A coordenadora geral da Frente, deputada Maria do Rosário (PT-RS), ressaltou a importância da frente no Legislativo no atual momento. “São tempos difíceis no Brasil e no mundo. As crianças e adolescentes não podem ser tratadas com desrespeito. É preciso unir Estado, Família e Sociedade para garantir direitos. Nós queremos que essa seja uma causa que una o Brasil”, conclamou a deputada.

A chefe de Proteção da Criança e do adolescente da Unicef no Brasil, Rosana Vega, lembrando os 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança, destacou a importância do evento e reforçou o apoio da Unicef aos 18 compromissos estabelecidos pela Frente Parlamentar.  

A Frente elencou 18 prioridades para a defesa e  proteção de direitos para o próximo período, destacando a exploração econômica e o trabalho infantil, assegurar que não haja cortes no orçamento voltado à criança e ao adolescente, além de garantir o funcionamento e o fortalecimento do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).  

O vice-presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), Antônio Lacerda Souto, esteve presente e fez críticas a destituição do colegiado pelo Governo Federal.   

Também estiveram presentes representantes do Poder Judiciário, como o Desembargador Dr. José Antônio Daltoé Cezar, presidente da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude (ABRAMINJ), representantes do Instituto Alana, da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da UnB (CEAM), dentre outros.  

A Frente - A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Congresso Nacional foi iniciada em 1987, quando o país se mobilizava em torno da Assembleia Nacional Constituinte. Desde então, vem construindo e consolidando uma agenda em favor das crianças e dos adolescentes no Parlamento.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247