GDF adia para outubro início da captação no Paranoá

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), afirmou que o início da captação de água no Lago Paranoá será no dia 2 de outubro; em junho, o executivo havia anunciado que o início da captação estava previsto para setembro; de acordo com a Caesb, as obras no Lago Paranoá estão na faixa de 70% e no Bananal estão na faixa de 50%; "No dia 2 de outubro, a nossa expectativa é que comece a captação assistida beneficiando o conjunto da população do DF", disse

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), afirmou que o início da captação de água no Lago Paranoá será no dia 2 de outubro; em junho, o executivo havia anunciado que o início da captação estava previsto para setembro; de acordo com a Caesb, as obras no Lago Paranoá estão na faixa de 70% e no Bananal estão na faixa de 50%; "No dia 2 de outubro, a nossa expectativa é que comece a captação assistida beneficiando o conjunto da população do DF", disse
O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), afirmou que o início da captação de água no Lago Paranoá será no dia 2 de outubro; em junho, o executivo havia anunciado que o início da captação estava previsto para setembro; de acordo com a Caesb, as obras no Lago Paranoá estão na faixa de 70% e no Bananal estão na faixa de 50%; "No dia 2 de outubro, a nossa expectativa é que comece a captação assistida beneficiando o conjunto da população do DF", disse (Foto: Leonardo Lucena)

Brasília 247 - O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), afirmou na manhã desta quinta-feira (10) que o início da captação de água no Lago Paranoá será no dia 2 de outubro. Em junho, o executivo havia anunciado que o início da captação estava previsto para setembro. De acordo com a Caesb, as obras no Lago Paranoá estão na faixa de 70% e no Bananal estão na faixa de 50%. "No dia 2 de outubro, a nossa expectativa é que comece a captação assistida beneficiando o conjunto da população do DF", disse.

Na manhã desta quinta, o chefe do executivo e o ministro de Integração Nacional, Helder Barbalho, estiveram nas obras de captação emergencial de águas do Lago Paranoá, orçadas em R$ 42 milhões.

De acordo com o ministro, a parceria tem como objetivo garantir que cerca de 400 mil pessoas sejam diretamente beneficiadas. A previsão é abastecer Asa Norte, Itapoã, Lago Norte, Paranoá, parte de Sobradinho II e Taquari. Atualmente, o fornecimento para essas regiões é feito pelo Sistema Produtor Santa Maria-Torto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247