GDF desembolsa R$ 280 mi para pagar servidores

A Secretaria de Estado de Gestão Administrativa e Desburocratização informou que o débito de R$ 286 milhões com férias, horas extras, 13º e outros atrasados da Saúde e da Educação está quase quitado; de acordo com a pasta, o GDF desembolsou cerca de R$ 280 milhões com os benefícios atrasados do ano passado; inicialmente, o governo previa quitar o débito até junho

A Secretaria de Estado de Gestão Administrativa e Desburocratização informou que o débito de R$ 286 milhões com férias, horas extras, 13º e outros atrasados da Saúde e da Educação está quase quitado; de acordo com a pasta, o GDF desembolsou cerca de R$ 280 milhões com os benefícios atrasados do ano passado; inicialmente, o governo previa quitar o débito até junho
A Secretaria de Estado de Gestão Administrativa e Desburocratização informou que o débito de R$ 286 milhões com férias, horas extras, 13º e outros atrasados da Saúde e da Educação está quase quitado; de acordo com a pasta, o GDF desembolsou cerca de R$ 280 milhões com os benefícios atrasados do ano passado; inicialmente, o governo previa quitar o débito até junho (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 - A Secretaria de Estado de Gestão Administrativa e Desburocratização informou nesta segunda-feira (6) que o débito de R$ 286 milhões com férias, horas extras, 13º e outros atrasados da Saúde e da Educação está quase quitado. De acordo com a pasta, o GDF desembolsou cerca de R$ 280 milhões com os benefícios atrasados do ano passado. Inicialmente, o governo previa quitar o débito até junho.

Apenas o resíduo de 13º salário dos servidores da Saúde que tiveram aumento no período falta ser quitado, segundo informações da secretaria. Ao G1, a presidente do Sindicato dos Professores (Sinpro-DF), Rosilene Correa, confirmou a quitação das dívida, mas informou que servidores que fizeram aniversário até agosto de 2014 ainda não receberam as diferenças do 13º salário. O Sindicato dos Médicos confirmou à reportagem a pendência de resíduos de 13º.

Segundo a pasta, no último dia 20, foram quitadas as dívidas referentes aos servidores temporários da Secretaria de Educação. Em 31 de março, todos os atrasados da Educação e o restante do 13º, férias e horas extras de dezembro da Saúde foram pagos.

O GDF pagaria as pendências do governo passado em seis parcelas, conforme o cronograma apresentado no início do ano. A dívida seria paga até final de junho, mas foi antecipada em mais de dois meses.

O secretário Antonio Paulo Vogel disse, em nota, que o GDF buscou "alternativas para conseguir os recursos". "Com dinheiro no caixa, foi possível antecipar os pagamentos. Isso é prioridade no governo Rollemberg", disse na nota.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247