Gilmar condena corrupção da mídia durante a Operação Lava Jato

Entrevistado pela TV 247, o ministro do Supremo Tribunal Federal afirmou que a corrupção dos meios de comunicação andou de mãos dadas com a de juízes e procuradores

Gilmar Mendes me representa
Gilmar Mendes me representa (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Lucas Vasques, na revista Fórum – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, criticou a mídia, a quem classificou como “corrupta” durante a Operação Lava Jato. Além disso, chamou de “juiz musculoso” Marcelo Bretas, que foi responsável pela operação no Rio de Janeiro e chegou, inclusive, a ser comparado a Moro.

Mendes fez referência ao fato e Bretas ser assíduo frequentador de academias nas horas vagas. O juiz, frequentemente, usa as redes sociais para postar fotos ostentando os músculos.

O ministro se referiu à falta de cultura de alguns magistrados, atualmente. “Minha geração tinha orgulho de carregar livros. Hoje, aparece juiz forte, de tatuagem, coisa estranha. Nós éramos fraquinhos, mas líamos muito. Fazíamos halterofilismo com livros. Agora, nós temos esses personagens todos singulares”.

Leia a íntegra na Fórum 

Inscreva-se na TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email