Gilmar Mendes libera novo julgamento no CNMP contra Deltan Dallagnol

O motivo alegado pelo ministro do STF foi o risco de prescrição da reclamação apresentada pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), que foi atacado pelo procurador nas redes sociais

Gilmar Mendes e Deltan Dallganol
Gilmar Mendes e Deltan Dallganol (Foto: STF | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) a retomar o julgamento de dois processos disciplinares contra o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná. As ações haviam sido travadas em agosto pelo decano, ministro Celso de Mello", aponta reportagem do Correio Braziliense.

“Trata-se do risco concreto e iminente de prescrição da pretensão punitiva relativa à sanção disciplinar de censura. Ressalta-se que não estamos falando de uma condenação ou da imposição direta de uma pena, mas tão somente do julgamento do caso em um nível de cognição não alcançado pelo via liminar”, disse Gilmar.

O caso diz respeito a ataques feitos por Deltan Dallagnol nas redes sociais ao senador Renan Calheiros (MDB-AL).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email