Gim Argello deve fazer acordo de delação premiada

"Os primeiros da lista que devem botar suas barbas de molho são os parlamentares que com ele comandavam a CPMI da Petrobras, de onde Argello amealhou R$ 5,3 milhões para barrar a convocação de empreiteiros", informa a coluna do jornalista Lauro Jardim

Senador Gim Argello (PTB-DF) manifesta apoio para aprovação do substitutivo ao Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 787/2009, que facilita o acesso de produtores rurais ao desconto na conta de luz de sistemas de irrigação
Senador Gim Argello (PTB-DF) manifesta apoio para aprovação do substitutivo ao Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 787/2009, que facilita o acesso de produtores rurais ao desconto na conta de luz de sistemas de irrigação (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – O ex-senador Gim Argello deve se tornar delator. É o que informa o colunista Lauro Jardim:

Há menos de uma semana preso, Gim Argello já decidiu fazer um acordo de delação premiada.

Os primeiros da lista que devem botar suas barbas de molho são os parlamentares que com ele comandavam a CPMI da Petrobras, de onde Argello amealhou R$ 5,3 milhões para barrar a convocação de empreiteiros.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email