Gleisi pergunta sobre Zucolotto e contas no exterior: Moro não responde e fica irritado

Moro não respondeu às perguntas de Gleisi Hoffmann sobre a sociedade da esposa com Carlos Zucolotto Júnior e Marlus Arns e sobre a existência de contas no exterior; ficou irritado; assista ao vídeo com as perguntas incômodas de Gleisi

(Foto: Lula Marques | Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "As perguntas que mais incomodaram Moro na sessão conjunta das comissões de hoje na Câmara dos Deputados foram as de Gleisi Hoffmann, presidente do PT: Sua esposa teve escritório com Carlos Zucolotto? Sim ou não?O senhor ou a esposa tiveram ou têm conta no exterior? O senhor já fez viagem ao exterior acompanhado do advogado Zucolotto? Ele já fez pagamentos em favor do senhor nessas viagens?", relata o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diario do Centro do Mundo.

"As perguntas desconcertaram o ex-juiz. "Em relação às contas no exterior, isso é maluquice", afirmou. Ele não respondeu às perguntas sobre a sociedade da esposa com Carlos Zucolotto Júnior e Marlus Arns", acrescenta.

Carvalho destaca que "Gleisi foi absolvida e não é ré em nenhuma ação. Só para constar: no site de Zucolotto, Rosângela Moro já foi apresentada como sócia". "Rosângela Moro também trabalhou com Marlus Arns em uma equipe da massa falida GVA, que tinha como síndica a família Simão, acusada por um ex-deputado de integrar a máfia das falências do Paraná. Zucolotto e Marlus foram denunciados pelo advogado Rodrigo Tacla Durán de extorsão", afirma.

"Tacla Durán apresentou o comprovante de transferência de 612 mil dólares para a conta de Marlus Arns, que seria parte de 5 milhões de dólares exigidos por Zucolotto".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247