Gleisi pede impeachment imediato de Bolsonaro e anulação de sentença de Lula

“Tenho uma tristeza imensa por ver um homem como Lula, que tanto fez pelo Brasil, sendo perseguido, e um homem como Bolsonaro, que despreza tanto o povo brasileiro e sua dor e suas necessidades, sendo protegido”, lamentou Gleisi Hoffmann

Gleisi Hoffmann
Gleisi Hoffmann (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidenta nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, defendeu nesta terça-feira, 27, a imediata abertura de processo de impeachment contra Jair Bolsonaro. Segundo ela, ele está levando os brasileiros à morte “pela fome e desemprego” e é irresponsável no combate à pandemia de Covid-19.

Gleisi também denunciou que o governo “baixou a cabeça” e se “colocou a serviço dos Estados Unidos”. “O Brasil, com Lula, era altivo e ativo, nunca baixou a cabeça e nem se colocou a serviço dos Estados Unidos, como faz Bolsonaro”, lembrou em discurso na Câmara dos Deputados.

A presidenta do PT, no dia de comemoração do 75º aniversário de Lula (PT), ainda pediu a anulação da sentença contra o ex-presidente petista, que foi “perseguido, caluniado, injustiçado e preso”, com base em sentença “imoral e ilegal de um juiz maldito” chamado Sérgio Moro. 

Para ela, Moro agiu de forma “parcial e oportunista na condenação de Lula sem crime e sem prova”.

“Tenho uma tristeza imensa por ver um homem como Lula, que tanto fez pelo Brasil, sendo perseguido, e um homem como Bolsonaro, que despreza tanto o povo brasileiro e sua dor e suas necessidades, sendo protegido”, lamentou Gleisi. “O Brasil está virado de cabeça para baixo”.

“É hora do impeachment de Bolsonaro, cuja única preocupação é com sua vida e a de seus filhos, criminosos e aloprados. Bolsonaro precisa ser interditado, sob pena de abrir as portas da morte para o povo brasileiro”, observou.

“Nós temos que abrir o pedido de impeachment contra esse homem irresponsável, criminoso, genocida, sob pena de nossas mãos, as mãos desta Casa, dos Parlamentares, ficarem manchadas com o sangue dos inocentes que morrerão nessa disputa insana que Bolsonaro faz para ganhar processos eleitorais e para fazer disputa política baseada em ideologia e na ignorância.”, afirmou a presidenta do PT.

Confira o discurso:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247