Guedes fala em novo tributo e é interrompido e retirado de coletiva por ministros

Em coletiva de imprensa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, falou em nova tributação, mas foi interrompido pelo líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, e pelo secretário de Governo, general Luiz Eduardo Ramos

(Foto: Reprodução / CNN)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em coletiva de imprensa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, falou em nova tributação, mas foi interrompido pelo líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros, e pelo secretário de Governo, general Luiz Eduardo Ramos. 

Eles pressionaram Guedes a terminar sua fala e o escoltaram antes que ele pudesse esclarecer as perguntas da imprensa. O general puxou-o pelo ombro após Barros ficar interrompendo o ministro.

Guedes falava em criar um “programa de substituição tributária”. “Temos que desonerar a folha”, disse o ministro. Ao ser interrompido e retirado da coletiva, disse, ao ser escoltado, que “agora tem articulação política” e fez um gesto aos jornalistas indicando que não poderia mais falar sobre isso.

Assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247