Homem da mala de Temer usou jatinho da FAB para receber propina

Registros da Câmara mostram que o gabinete do então deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) emitiu uma passagem de Brasília a São Paulo no dia 27 de abril deste ano, por R$ 1.416,79; mas Rocha Loures acabou indo a São Paulo no jatinho da Força Aérea Brasileira (FAB), de carona com o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, como está registrado tanto no inquérito como nas planilhas oficiais da FAB; no dia seguinte ele foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina da JBS, cujo destinatário seria Michel Temer 

Registros da Câmara mostram que o gabinete do então deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) emitiu uma passagem de Brasília a São Paulo no dia 27 de abril deste ano, por R$ 1.416,79; mas Rocha Loures acabou indo a São Paulo no jatinho da Força Aérea Brasileira (FAB), de carona com o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, como está registrado tanto no inquérito como nas planilhas oficiais da FAB; no dia seguinte ele foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina da JBS, cujo destinatário seria Michel Temer 
Registros da Câmara mostram que o gabinete do então deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) emitiu uma passagem de Brasília a São Paulo no dia 27 de abril deste ano, por R$ 1.416,79; mas Rocha Loures acabou indo a São Paulo no jatinho da Força Aérea Brasileira (FAB), de carona com o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, como está registrado tanto no inquérito como nas planilhas oficiais da FAB; no dia seguinte ele foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina da JBS, cujo destinatário seria Michel Temer  (Foto: Aquiles Lins)

247 - O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que está preso após ter sido filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina da JBS, cujo destinatário era Michel Temer, usou a cota parlamentar para pagar três bilhetes aéreos quando reuniu-se com o delator Ricardo Saud.

Segundo reportagem do BuzzFeed, os registros da Câmara mostram que o gabinete de Rocha Loures emitiu uma passagem de Brasília a São Paulo no dia 27 de abril deste ano, por R$ 1.416,79. O passageiro era o então deputado.

Rocha Loures acabou indo a São Paulo no jatinho da Força Aérea Brasileira (FAB), de carona com o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, como está registrado tanto no inquérito como nas planilhas oficiais da FAB.

No dia 28 de abril, Rocha Loures foi filmado pela PF no encontro marcado com o executivo da JBS Ricardo Saud, em uma pizzaria em São Paulo. Por volta das 18h30 daquela data, o ex-assessor de Temer recebeu mala com R$ 500 mil em dinheiro vivo.

Na volta para Brasília, Rocha Loures pagou a passagem com cota parlamentar. 

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247