Juiz diz que não sabe se destino de réus sai hoje

Juiz de Execução Penal do Distrito Federal, Ademar de Vasconcelos, diz que "processo é complexo" e que tem trabalhado nos autos "desde ontem sem dormir"; ele é responsável por decidir o destino de cada réu preso na Papuda, em Brasília, e sobre o pedido para que José Genoino cumpra prisão domiciliar; "Ainda não sei se será hoje, uma vez que cada réu terá um processo de execução penal", disse o magistrado ao jornal O Globo

BRASILIA, DF, 14.11.2013: JUIZ/MENSALÃO/DF - O juiz da Vara de Execuções Penais do DF, Ademar Silva de Vasconcellos, em seu gabinete no Tribunal de Justiça do DF (TJDF). Ademar poderá receber as execuções dos condenados no processo do mensalão.  (Foto: Se
BRASILIA, DF, 14.11.2013: JUIZ/MENSALÃO/DF - O juiz da Vara de Execuções Penais do DF, Ademar Silva de Vasconcellos, em seu gabinete no Tribunal de Justiça do DF (TJDF). Ademar poderá receber as execuções dos condenados no processo do mensalão. (Foto: Se (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O juiz de Execução Penal do Distrito Federal, Ademar de Vasconcelos, disse nesta segunda-feira que não sabe se sairá ainda hoje as decisões sobres o destino de cada réu preso na penitenciária da Papuda, em Brasília. O magistrado afirmou que "o processo é complexo" e que tem trabalhado nos autos "desde ontem sem dormir".

"Ainda não sei se será hoje, uma vez que cada réu terá um processo de execução penal", disse, porém, o juiz ao jornal O Globo. "Ainda tenho de ver as instalações dos presídios. Esse é um processo muito complexo, com um grande volume dos autos. Estou trabalhando desde ontem sem dormir", explicou Vasconcelos.

Vasconcelos é responsável por definir onde cada condenado na Ação Penal 470 cumprirá sua pena. Além disso, irá analisar o pedido da defesa do deputado José Genoino para que ele cumpra prisão domiciliar, por motivo de doença. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, que participa de evento em Belém (Pará), pode expedir mais sete mandados de prisão nesta segunda-feira.

Entre eles, estariam o delator do chamado 'mensalão', Roberto Jefferson, e o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email