Juiz do DF suspende posse de Lula

Decisão da Justiça Federal de Brasília determina a suspensão da posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil; alegação do juiz Itagiba Catta Preta Neto é de que há indícios de cometimento do crime de responsabilidade; cabe recurso

Decisão da Justiça Federal de Brasília determina a suspensão da posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil; alegação do juiz Itagiba Catta Preta Neto é de que há indícios de cometimento do crime de responsabilidade; cabe recurso
Decisão da Justiça Federal de Brasília determina a suspensão da posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil; alegação do juiz Itagiba Catta Preta Neto é de que há indícios de cometimento do crime de responsabilidade; cabe recurso (Foto: Gisele Federicce)

247 - Uma decisão da Justiça Federal de Brasília determinou a suspensão da posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil, cerca de uma hora depois do término da cerimônia que formalizou a ida de Lula para o governo, no Palácio do Planalto.

A decisão é do juiz Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara do Distrito Federal, e sua alegação é de que há indícios de cometimento do crime de responsabilidade. A Advocacia Geral da União (AGU), comandada pelo ministro José Eduardo Cardozo, já informou que irá recorrer. Confira abaixo a decisão do juiz:

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247